O Meu Primeiro Livro.

by - maio 01, 2017


Todo leitor deve se lembrar do seu primeiro livro não é mesmo? 
E nessa postagem eu venho te contar sobre qual foi o meu primeiro livro.

Eu estava na 5ª Série quando eu o recebi, eu não me lembro muito dos detalhes de como ele chegou até a mim. Eu não me lembro ao certo se eu o comprei ou se eu o ganhei no colégio. Mas está mais para ter comprado.

Esse livro era para uma aula de português.
Teríamos de ler e fazer um resumo e explicar sobre o que entendeu sobre ele.

Na época eu tive alguns problemas pessoais e não pude concluir as aulas naquele colégio. E acabou que eu me mudei de cidade e tudo mais...

Eu lembro que o peguei e o li em apenas dois dias.
E fiquei completamente apaixonada por ele. 
Eu me apaixonei pelos personagens e pela moral da história.

Eu gostei do livro pois eu entendia muito bem o que a personagem principal (Layla) sentia.
Cheguei a perguntar para alguns alunos sobre o que eles acharam sobre o livro. A maioria detestou. Mas, eu não. Aquele livro foi o que me incentivou a gostar de literatura.

O livro é :



Ele pode não ter o melhor título e nem a melhor capa. Mas o que ele traz de diferente, é a visão da vida. De que você não precisa ser a pessoa mais bonita do mundo para agradar as pessoas.

A sinopse do livro:

Layla é uma adolescente que se angustia porque se acha diferente dos colegas do colégio. Ela se julga um erro da natureza porque seus pais são muito bonitos. Olhando ao seu redor, porém, Layla percebe que outros jovens também sofrem com brincadeiras cruéis e apelidos pejorativos. Isso leva a garota a refletir sobre o assunto - afinal, o que é ser diferente da maioria? E por que esse fato gera tanta agressão? O nome disso em inglês é bullying ('bully', tiranizar, ameaçar, maltratar) e, infelizmente, acontece nas escolas do mundo inteiro, gerando às vezes conseqüências seriíssimas para suas vítimas. Faça de conta que Layla é a diretora de um filme com personagens incríveis. Depois desta história instigante - pode crer! - você verá a si próprio e aos outros com olhos bem... diferentes!

Se você está passando por algum tipo de problemas como bullying, leia este livro. Você começará a ver o mundo e a si mesmo com outros olhos.

Para vocês terem uma ideia, eu li esse livro mais de 5 vezes e se eu pega-lo, leio ele novamente.

Pois a história não é chata. Ela é atraente e instigante.

Se por algum acaso você ler e achar que não valeu a pena, pelo menos tente tirar deste livro algumas questões para a sua vida.

Pois todo livro tem uma mensagem. Seja ele fictício ou não.

You May Also Like

4 comentários

  1. Confesso que não lembro do primeiro livro que eu li, mas gostei bastante desse, principalmente por causa da mensagem que ele passa. O bullying é um assunto que precisa ser debatido, então acredito que através de livros, o problema pode sim ser solucionado. Fico super feliz em saber que ele te fez refletir, por isso acredito que livros assim deviam ter em todas as escolas. De qualquer forma, gostei bastante da proposta da postagem, bem criativa.

    Com amor,
    Rascunhos de Tom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho que esses tipos de livros deveriam estar nas escolas. Mas do jeito que o o mundo está hoje, infelizmente as pessoas não dariam valor para este tipo de livro. Mas, eu sei que ainda existe pessoas que assim como nós, daríamos valor. <3
      Fico feliz por seu comentário e fico muito feliz que tenha gostado da postagem e do livro.
      Volte sempre! <3

      Excluir
  2. O livro me pareceu bem interessante.
    Eu comecei a ler com a coleção de gibis da minha tia. O primeiro livro que ganhei foi na verdade um kit com cinco livros que ganhei quando estava na quarta série. A minha paixão pela leitura me acompanha desde sempre e acredito que ela vai ficar comigo eternamente.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ''A minha paixão pela leitura me acompanha desde sempre e acredito que ela vai ficar comigo eternamente.'' Me apaixonei por suas palavras rsrs. E é exatamente isso.
      Fico feliz que tenha achado o livro interessante.
      Gibis, nossa... sinto muita falta.
      Qual serio o kit? (Fiquei curiosa) rsrs

      Volte sempre! <3

      Excluir